FaqsRecomenda – Dark Souls II

Para quem acredita em inferno a descrição mais possível do lugar seria agonia intensa, bestas imensas e infindáveis, fogo, dor, sofrimento e mortes de várias maneiras diferentes repetidas em série, né?! O FaqsRecomenda dessa semana então tem uma sugestão para você, amigo leitor: pegue sua edição de Dark Souls II e VÁ PARA O INFERNO!!!! 👿

DS2

Dark Souls II sem dúvida está entre os jogos mais instigantes já feitos. Vários reviews por aí colocam esse game dentre os mais difíceis e isso é verdade, mas mais do que difícil o game é extremamente desafiador. Ele se passa num limbo (purgatório ou o próprio inferno mesmo!) e você está na pele em decomposição de um morto-vivo (ou corpo sem alma, se preferir) e o jogo é a busca pelo fim de sua maldição.

A ambientação é simplesmente perfeita. O lugar é sujo, insólito, triste, decadente como a narrativa pede. O áudio do game é nota 10/10. Locução na mosca, com personalidade, cada pessoa no jogo passa pra você a real sensação de agonia que está passando. Não há mudança de música entre uma sala e outra, então você não tem a sensação de que algo está pra acontecer, pelo contrário, você se sente sozinho, o tempo todo! Um farfalhar na grama, um silvo de vento e é só o que vai ter até um soldado decrépito se revelar com espada em riste.

O gráfico do game não é dos melhores. Na verdade é até um pouco tosco. Faltou suavidade nas texturas e melhor definição quando se olha em profundidade. Além disso, dá pra sentir a falta de detalhamento de certos ambientes. A  impressão que se tem é que pessoas vivem tendo em casa apenas mesa, armário e barris. 😛 Mas isso não atrapalha a narrativa incrível e o clima frio em que o jogo te coloca.

Durante o playtrough, cada ambiente traz inimigos que são desafios únicos. Um simples cão do mato que tem 3 vezes menos tamanho que você pode te matar se não  esquivar de seus golpes. Todos os monstros do game, dos menores aos maiores requerem sua atenção e dedicação pois todos estão prontos para te matar se você bobear. O mais bacana dessa dificuldade toda é que cada morte deixa também a sensação de que “se tivesse feito de outro jeito talvez tivesse dado certo”, e é por isso que o game é tão instigante. Sua morte é culpa SUA e não de um game mal planejado, entende?!

Olha só como o jogo é todo feito para ser difícil:

  • O tutorial é simples e o game não está preocupado em te explicar como fazer ou para que serve nada.
  • Cada morte diminui o tamanho de sua barra de energia, ou seja, quanto mais você morre, mais você vai morrer.
  • Seus ataques e esquivas são limitados pela barra de estamina.
  • Quedas matam.
  • Usar itens para recuperar energia na hora errada mata te deixa te deixa lento e estar lento, mata.
  • Não há pause no jogo, ficou parado, morreu.
  • Usar os checkpoints para recuperar energia traz todos os inimigos mortos de volta a vida. 😯
  • Não dá pra trapacear, já que não dá pra fazer cópias do save através da dashboard.
  • Ao morrer, todas as almas coletadas ficam no chão no ponto em que morreu (lembre-se que as almas são a moeda do jogo), então, se passou por um subchefe na sorte, ao entrar na sala do chefão, se morrer, todo seu avanço vai ficar dentro da arena, você vai ser jogado de volta para o checkpoint, e aí, meu amigo, vai ter de ter “sorte” para passar de novo pelo subchefe para pegar de volta todas as suas almas de volta!

É ou não é o inferno?! 👿

Para dar um respiro nessa dificuldade toda, Dark Souls II tem um multiplayer bastante interessante que pode botar outros jogadores no seu mundo te ajudando ou te permitindo ir para o mundo deles para dar uma mãozinha, o que vai te recompensar enormemente se for bem sucedido. Em contrapartida, você pode com isso também abrir seu mundo para a entrada de outros jogadores que estão interessados em acabar contigo para por a mão em suas riquezas. É, amigo, até o que é bom em Dark Souls II tem seu lado sombrio.

A montagem do seu personagem e escolha de classes influencia muito pouco, já que ao longo da sua jornada você escolhe o que quer melhorar nos upgrades e monta seu guerreiro (ou mago) da maneira que achar melhor. Essas escolhas são feitas baseadas no seu estilo de jogar, assim como os caminhos que vai trilhar. Em resumo, nada é determinado pelo game, tudo fica por sua conta. As mensagens são subjetivas e os caminhos são vários, ao escolher essa ou aquela trilha, sua decisão vai botar você em apuros completos até a desistência e troca de rumo ou a gloria total e ampliação das suas capacidades.

Dark Souls 2 é um jogo hardcore feito para jogadores hardcores. Jogadores casuais não suportam cinco minutos de jogatina. Sério! Mas não pense que isso é ruim. O jogo é feito para ser assim, tendo isso em mente, aceite o desafio ou morra tentando… Mesmo! 😉

Tags:  

2 respostas para FaqsRecomenda – Dark Souls II

  • Guilherme fernandes faria  diz:

    Esse jogo esta muito mais facil que o primeiro,sin erente nao vi nwnhuma dificuldade nele,esta muito maia linear e oa chefes sao muito faceis, sequerem desafio joguem o primeiro da pra ver porque nao postaram sobre o primeiro hahahaha

  • cestari  diz:

    Olá, gostaria de saber que tipo de conteúdo relacionado a nudez ou sexo está presente nesse game … poderiam me mandar um email dizendo isso por favor ?

Deixe uma resposta aqui

Você pode utilizar essas tags HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>