FaqsRecomenda – Rise of the Tomb Raider

A arqueóloga em formação volta com mais do mesmo e muito mais!

Rise-of-the-Tomb-Raider

Se você jogou Tomb Raider: Definitive Edition, provavelmente vai ficar com uma sensação inicial de que pouco mudou nos primeiros minutos de Rise of the Tomb Raider. Os gráficos da versão de Xbox One estão incríveis, principalmente no quesito iluminação, mas não há um grande salto comparado ao seu antecessor, o que não quer dizer que fique aquém do esperado. Fato é que a nova aventura de Lara Croft não se apresenta de imediato com inovações e melhorias em mecânicas, dando uma sensação de puro repeteco em seus primeiros minutos. Há, porém, uma evolução narrativa, já que intercalados aos momentos de ação rolam flashbacks que introduzem a tradição familiar dos Croft na caça pelo desconhecido e sobrenatural. Logo vemos a relação conturbada entre Lord Croft e Lara como elemento de formação da personalidade de nossa heroína. Esse histórico que demonstra uma tradição familiar sendo seguida dá mais profundidade à história e deixa as motivações da protagonista mais claras, um avanço que fortalece a experiência narrativa do jogo…

Mas não é só em termos narrativos que vemos avanços. O quesito exploração é talvez o que mais tenha sido enriquecido. Você ainda vai viajar para diversas localidades através das fogueiras de acampamento, mas cada área do mapa é muito mais ampla do que no jogo anterior. E as atividades possíveis são absurdamente mais abundantes e variadas. Completar os 100% de cada localidade será uma tarefa árdua, com os tradicionais colecionáveis, desafios e tumbas opcionais, e agora também com a adição de missões secundárias. Outra novidade é a possibilidade de confeccionar explosivos e munição usando recursos naturais. Você vai se ver coletando madeira, óleo, minério, cogumelos, peles de animais e outros recursos necessários seja para produção de arsenal como a melhoria ou criação de itens como bolsas maiores para seu inventário. Também estão mais abundantes as armas à disposição de nossa heroína, sendo possível escolher entre diferentes tipos de uma mesma categoria. Além disso é possível adquirir itens numa loja, desde roupas novas até rifles militares.

De maneira geral, as mecânicas seguem a mesma linha do título anterior, com pequenas adaptações nos controles. A jogabilidade tem leves melhorias, com uma ou outra função nova, como nadar e usar sua machadinha de escalada como âncora para alcançar determinadas áreas. As tumbas aparecem em maior número, mas assim como na aventura anterior oferecem como desafio puzzles quase sempre breves. Há também a possibilidade de aprender línguas lendo murais e encontrando colecionáveis, algo necessário para decifrar monólitos que revelam a localização de itens preciosos…

Rise of the Tomb Raider no frigir dos ovos é mais do mesmo. Os elementos que compõe o jogo não mudaram, foram apenas ampliados. Mas mesmo assim essa é certamente a melhor aventura de Lara Croft já lançada. Talvez o pessoal da Crystal Dynamics siga a máxima de que não se mexe em time que está ganhando. Ainda assim, o novo Tomb Raider é digno de figurar entre os melhores do ano e não decepciona toda a expectativa que se criou ao redor do título. Até mesmo a decisão de tirar o modo multiplayer, tão genérico e sem graça no primeiro game, é muito acertada. Ficou bem mais interessante ter como funcionalidade da rede leaderboards associadas a desafios baseados em pontuação, que podem ser acessados conforme você avança no jogo principal. Nesse sentido, a longevidade do título se estende, tendo bastante coisa pra ser feita depois de terminada a campanha. Se você for do tipo que gosta de fazer conquistas então, como nós, vai ter garantido pelo menos umas 30 horas de jogatina! E serão 30 horas (ou mais) muito bem aproveitadas… 😉

2 respostas para FaqsRecomenda – Rise of the Tomb Raider

  • UgoCunha de Mello  diz:

    “O quesito exploração é talvez o que mais tenha sido enriquecido. Você ainda vai viajar para diversas localidades através das fogueiras de acampamento, mas cada área do mapa é muito mais ampla do que no jogo anterior”.
    Realmente, as áreas de exploração do jogo ficaram maiores. Durante a jogatina, teve uma hora que eu fiquei perdido em um local e não sabia para onde ir. É até engraçado…

  • alex  diz:

    otimo jogo zerei ele onten gosteimuito so achei meio fraco o vilao no final nao tem potencia , mais durante o jogo rise off tomb rider tem muita pressao !!!!

Deixe uma resposta aqui

Você pode utilizar essas tags HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>