O mapa da mina: Civilization Revolution

Apesar do FaqsGames ser um portal de Xbox, não podemos negar que certas vezes, outros sistemas voltam a alavancar jogos que não estão mais na moda, ou que já são até velhinhos. Graças ao lançamento este ano para as versões de iPad, iPhone e iPods, eis que o Civilization Revolution (ou CivRev, para os íntimos), voltou com força total para nossas amadas caixas X. Lançado em 2008, o game recebeu alguns prêmios como melhor jogo de estratégia pra época. Isso já é mais do que justificativa para dar a devida atenção por aqui. ;)

Para os jogadores hardcore da série Civilization (como eu), em um primeiro momento o CivRev parece um tanto diferente do que estamos acostumados a ver. A adaptação para o Xbox deixou o jogo mais dinâmico e com uma duração muito menor das partidas que não passam mais do que 3 horas (ao contrário de partidas que chegavam a durar dias na versão de PC). Mas isso não significa que o jogo tenha ficado fácil, ou simples. Então, a gente simplifica pra você como ganhar de modo prático.

O Mapa da Mina: CIVILIZATION REVOLUTION

Dificuldade: 4/10
Tempo necessário: Entre 15 e 20 horas
Conquistas offline: 51
Conquistas online: 0
Conquistas de chance única: 0
Playthroughs necessários: 16* (1 no nível Deity, 3 no nível King, 12 no nível Chieftain)

*Vamos considerar aqui playtroughs as partidas em que foram necessárias jogá-las do começo ao fim, ou seja, aqueles achievements que você pode salvar em determinado ponto e seguir para diferentes modos de vitória, vão contar em um playthrough só.

1) Começando uma Civilização.

Existem quatro jeitos para vencer uma partida no CivRev:

-Domination: Conquistando as capitais de todos os seus oponentes.
-Culture: Construir a wonder United Nations, que é habiltiada após obter um total de 20: great persons, wonders e/ou cidades convertidas.
-Economic: Guardar 20.000 gold e construir a Wonder World Bank.
-Technological: Lançar uma espaçonave e chegar em Alpha Centauri, pesquisando todas as tecnologias necessárias para isso.

Independentemente do modo que você pretenda vencer a partida, o início de toda civilização é a mesma. Você começa com um settler, cuja habilidade é fundar uma cidade no lugar que você escolher. Mas aonde e quando construir?
- Quanto antes você fundar sua primeira cidade, mais rodadas para desenvolver sua civilização você terá. Mas uma boa localização é fundamental. Aos marinheiros de primeira viagem, salve o jogo logo que você iniciar em 4.000 b.C.. Varra o mapa próximo a você buscando terrenos com boa produção de comida (representado por maçãs), um pouco de produção (representado por martelinhos), e principalmente, recursos especiais (trigo, gemas, peixes, baleias etc.). Encontrou o lugar ideal sem ter que se mexer muito? Carregue o jogo salvo, vá para o local indicado e funde sua capital.

2) Produzindo e expandindo

Agora é hora de ampliar e dominar territórios. É fundamental que você comece a ampliar o seu território o quanto antes, portanto, hora de produzir unidades.

- Comece produzindo warriors (existem Civs que tem unidades especiais logo de cara, como os Zulus, Astecas e Gregos, escolha essas). Se tiver algum gold em caixa já, acelere a produção, ou seja, compre aquela unidade, sem ter que gastar rodadas a construindo. No CivRev, economia de tempo é fundamental!
- Assim que tiver construido sua primeira unidade, comece a varrer o território atrás das happy villages e barbarian villages. A primeira, te dá alguma grana ou tecnologia nova, só de entrar nela, a segunda, você entra em batalha e ganha algum gold ou uma unidade spy. Ganhar essas lutas são ótimas para que suas unidades ganhem alguma experiência, e se transformem em veteran, elite e assim por diante. Esses upgrades dão grandes bonus para as lutas vindouras.
- Agora, enxague e repita, ou seja, construa mais uns dois warriors e saia destruindo tudo que vir pela frente.
- Quando sua cidade tiver chegado a 3 de população, e você já tiver uns 3 warriors, é hora de começar a expandir. Comece a produção de um settler e vá fundar uma nova cidade. Busque uma boa localização, obedecendo as regras da sua capital. Agora é bom buscar bons espaços de trade, ou seja, espaços que possam produzir ciência ou gold.
- Com a nova cidade, é bom começar a pensar em roads. Elas servem pra ligar seus territórios e consumir apenas 1 de movimento, o que é muito útil para ir lados opostos do mapa.
- É ideal focar cada cidade em algo específico. Produção de unidades, ciência, gold, enfim. Explorando o que cada cidade tem de melhor, dado seu terreno, vai maximizar seu domínio em relação as demais.
- Não se esqueça de produzir uma unidade para defender suas cidade. Elas garantem que uma civ simplesmente não conquiste sua cidade sem antes guerrear.
- Você pode transformar suas unidades em armies, ou seja, juntando 3 warriors, por exemplo, você faz uma warrior army. Cujo ataque e defesa é 3x maior quando for para o combate, e acumulam as vantagens das suas unidades todas.

3) Dominando Civs pela força

Os seus warriors andaram e se depararam com outras civs. E eis a pergunta: atacar ou não?

- Num primeiro momento, sempre opte pela diplomacia. Mesmo que você pretenda atacar uma cidade, um melhor posicionamento é sempre interessante. Atacar de cima de uma montanha ou esperar em uma floresta, te dão bonus como 50% de ataque ou 50% de defesa, que podem ser cruciais para uma conquista.
- Escolher a melhor hora para atacar é crucial. No começo do jogo, certas cidades ainda não conseguiram produzir suas defesas, e você simplesmente as conquista por andar por cima delas. Simplificando:
- de 4.000 b.C a 3.000 b.C. – É bem provável que com um warrior você vai conseguir conquistar a cidade por ela estar vazia, ou a defendendo com apenas um warrior também.
- de 3.500 b.C a 2.000 b.C.. – Tempo da cavalaria. Com a tech Horseback Riding, você vai começar a construir Horsemen, que em geral é suficiente para as conquistas.
- 2.000 b.C. – Aí o negócio complica. Em geral, a inteligência artificial do jogo já produz archer armies que costumam dizimar seus horsemen.
- Agora você está amarrado a techs, quando você conseguir Feudalism, você produz Knights, que são efetivos até eles produzirem Riflemen. Depois disso, o primeiro que conseguir produzir os tanks vai ter alguma vantagem.

5) Dominando pela cultura

Você é pacifista, ou simplesmente não quer se importar em ficar destruindo o mundo, e sim em construir sua civilização? É possível conquistar cidades pela produção de cultura. Quando você produz cultura o suficiente, sua cidade influencia as que estiverem por perto, e através de uma revolução, a cidade passa a ser sua.

- Seu foco é a cultura. Então, você precisa maximizar a produção dessa aonde for. Cresça sua população o máximo possível, e busque construir prédios que tragam alguma cultura para a cidade. É simples assim.
- Você ganha Great People a cada marco cultural que você alcançar. Depois de uma certa quantidade de cultura, eles aparecem. É sempre bom administrar os Great People, alocando na melhor cidade possível. Um Great Scientist numa cidade que já produz muita ciência, te dá mais 50% de ciência.

6) Sobre a tecnologia

Estar a frente tecnologicamente é fundamental no CivRev. O conceito é simples: Com um tanque de guerra, você dizima um exercito de arqueiros. Quem detem a tecnologia, geralmente lidera a partida.

- Você precisa produzir béqueres, ou seja, nos quadradinhos de trade, ao invés de ficar produzindo gold, produza ciência.
- Escolha bem os saltos tecnologicos que você quer dar. Tente buscar techs que consigam maximizar os recursos que você extrai, e que favoreçam em algum tipo de vitória. Por exemplo: Se você busca uma domination victory, desenvolva Horseback Riding o quanto antes. Olhando nosso painel de época para ataques, quanto mais horsemen você desenvolver nesse tempo, maiores são as chances de conseguir novas cidades.
- Existe também a possibilidade de vencer pela tecnologia, mandando uma nave para Alpha Centauri. Se esse é seu desejo, busque as techs pra chegar o mais rápido possível na tech Space Flight. Pra escolher as melhores techs, é bom dar uma olhada nessa tech tree do fórum civfanatics. Clique aqui e dê uma olhada.
- Se você for o primeiro a obter uma tech entre todas as civs, você ganha um bônus especial. Por exemplo, fazer monarchy antes de todos te dá uma Great Person. O que pode ajudar e muito sua civilização no começo.

7) Dinheiro, muito dinheiro

Dinheiro não é fundamental na vida, mas ajuda. O mesmo funciona no CivRev. Gold pode ser utilizado para basicamente duas coisas: acelerar a produção ou ganhar prêmios pelo seu acumulo, segue a lista:

Qtde Prêmio
de Gold

100 Settler gratuito.
250 Tech Currency ou Banking de graça.
500 Great Person gratuita
1000 Granary gratuita. Não gaste tempo construindo, acumule a grana.
2000 +1 de população em cada cidade.
5000 Aquaduct gratuito. Mesmo caso da Granaty gratuita.
10000 Great Person Gratuita.
20000 Habilita a Wonder World Bank. Construindo essa te dá a Economic Victory.

8 ) Sobre o Wonder

Juntar o Colosso de Rodes e Hollywood na mesma cidade é possível, pelo menos no Civilization. Cada Wonder te dá alguma vantagem muito grande quando construída, o que te faz alavancar no jogo. O ideal é buscar o que vai te dar a maior vantagem no jogo naquele momento. Elas são fundamentais na vitória cultural, nas outras, nem tanto. Então, tenha muita certeza que você vai gastar 25 turnos construindo os Hanging Gardens, ao invés de construir unidades e outras construções mais importantes para você naquele momento.

9) Sobre Artefatos

Ao encontrar um artefato, você ganha algum bônus instantâneo que te dá uma boa vantagem em relação as demais civs. Para encontrá-los. Explore, explore e explore. As vezes, ao destruir uma Barbarian Village, ela já te dá o local aonde eles estão. Assim que possível, vá para lá, e o utilize no melhor momento possível. Segue a lista:

- Confucius’s School: 2 Great People de graça. O quanto antes você consegui-los, melhor. Great Peoples podem ser de grande ajuda logo no começo. Um Great Builder, por exemplo, pode te dar uma Wonder no mesmo turno e fazer sua vida muito mais fácil.
- Lost city of Atlantis: Te dá 3 techs, as mais baratas que você ainda não tem. Ou seja, se a encontrá-la, fique por perto com seu navio, avance o máximo que puder uns techs e aí sim a ative. Um bom salto tecnologico.
- Seven cities of gold: Te dá uma quantia em gold dependendo da era que você está. Um bom adianto pra dar rushs em umas unidades, não?
- Ark of Covenant: O ideal é ativá-la quando você tiver o máximo de cidades possíveis. Você ganha um templo de graça em cada cidade, um grande bonus cultural.
- Knights Templar: Ele te dá a melhor unidade possível para a era que você encontra. Logo no começo do jogo, fantástico. Mas na era industrial… Melhor ainda! Você consegue um tank de graça. Se você a encontrar na era medieval, fique por perto, espere a era industrial e seja o primeiro a ter um tank. Destruição em massa, aí vamos nós!

Com um pouco de prática, e entendendo o mundo Civ, logo todas as conquistas pulam na tela e é só alegria. Comece no nível Chieftain e vá matando as vitórias com cada uma das civilizações (gosto pessoal: comece pela Aztec. Os Jaguar Warriors são fantásticos pra aprender a dominar novas Civs), depois migre para as conquistas que dependem de vitória com característica específica, todas são no nível King, sempre com uma Civ diferente. Quando pegar a manha, passe para o Nível Deity e faça sua última partida. Mas, considerando o quanto esse jogo é viciante, duvido muito que seja sua última.

É isso! Qualquer dúvida, pergunte aqui! E bora conquistar o mundo!

One Response to “O mapa da mina: Civilization Revolution”

  1. Luis Duran says:

    òtima explicação, valeuuu.

Deixe um comentário