Categoria Análise

Destiny 2 (Beta): Bungie dá tiro no pé, mas ainda tem chance de surpreender!

Antes de falar do Beta de Destiny 2, preciso voltar rapidamente no tempo, mais precisamente para Dezembro de 2016. Foi quando embarquei de cabeça na poderosa aventura MMORPG criada pela Bungie. Sim, eu já conhecia Destiny, mas até então minha experiência fora superficial, sem muito envolvimento, principalmente por uma questão bem prática: dinheiro.

Eu tive o primeiro jogo em disco, mas sempre desisti de continuar explorando o universo de Destiny pois os complementos lançados com o passar dos anos eram muito caros e, como dizia um amigo meu, o jogo sem suas DLCs era o mesmo que uma Demo de luxo. Pois quando um saldão da Live ofereceu o jogo principal e todos seus complementos por menos de R$60,00, foi só uma questão de abrir a mão e finalmente embarcar nesse universo fantás...

Leia Mais

FaqsRecomenda – Rise of the Tomb Raider

A arqueóloga em formação volta com mais do mesmo e muito mais!

Rise-of-the-Tomb-Raider

Se você jogou Tomb Raider: Definitive Edition, provavelmente vai ficar com uma sensação inicial de que pouco mudou nos primeiros minutos de Rise of the Tomb Raider. Os gráficos da versão de Xbox One estão incríveis, principalmente no quesito iluminação, mas não há um grande salto comparado ao seu antecessor, o que não quer dizer que fique aquém do esperado. Fato é que a nova aventura de Lara Croft não se apresenta de imediato com inovações e melhorias em mecânicas, dando uma sensação de puro repeteco em seus primeiros minutos. Há, porém, uma evolução narrativa, já que intercalados aos momentos de ação rolam flashbacks que introduzem a tradição familiar dos Croft na caça pelo desconhecido e sobre...

Leia Mais

FaqsRecomenda – Assassin’s Creed Unity

Diz que a industria dos games está passando por uma crise criativa grave* e que as inspirações sempre ficam escanteadas quando se tem uma franquia de sucesso como opção de investimento. Assassin’s Creed Unity é um exemplo de franquia de sucesso que se somados o número de títulos lançados, esse já é o oitavo. Teoricamente engrossa a afirmação da crise criativa, né?! Só teoricamente, por que de pouco criativo, o jogo não tem nada.

AC_Unity

A história se passa na França, no meio da revolução, e segue o mesmo mote de sempre com complôs e tramas protagonizadas por assassinos e templários. A motivação aqui é a vingança, diferentemente do título anterior em que o pirata Edward Kenway só procurava um lugar ao sol com uma boa garrafa de Rum e um belo baú cheio de ouro...

Leia Mais

FaqsRecomenda – Far Cry 4

Seja bem vindo à Kyrat!

Far-Cry-4

Eu poderia ser leviano e dizer apenas que Far Cry 4 não passa de um upgrade de seu antecessor. Mas, mesmo que não haja muitas novidades no novo título da Ubisoft, é no mínimo injusto não atribuir o mérito de uma bela evolução tanto em suas mecânicas como na sua narrativa. Quando escrevi sobre Far Cry 3, apontei que não havia de fato inovação no título, mas sim uma belíssima coordenação de elementos de sucesso já apresentados em outros jogos. Essa característica se mantém no seu sucessor, com o acréscimo de algumas mecânicas novas e uma completa renovação da narrativa, incluindo novos personagens como o icônico vilão Pagan Min.

Dessa vez você não será um turista mauricinho tentando resgatar seus amigos, mas sim Ajay Gale, descendente d...

Leia Mais

FaqsRecomenda – Sunset Overdrive

Jogatina frenética? – ✓

Humor negro? – ✓

Palavrões e ultra-violência? – ✓

Citações de Breaking Bad e vários outros filmes e séries? – ✓

Legiões de infectados por um drink energético? – ✓

Uma grande corporação por trás de tudo isso? – ✓

Pois é, amigos… Bem-vindos ao melhor jogo da atual geração.

 solowres

Confesso que quando li sobre Sunset Overdrive pela primeira vez, não fiquei muito empolgado. Afinal, essa temática de `hordas-de-infectados-que-tomam-a-cidade` parece um tema já explorado a exaustão. Sem contar que, por aqui, pouco se falava sobre o título, uma vez que o foco está em grandes franquias que têm lançamentos nessa mesma época como Assassin’s Creed, Call of Duty ou Halo. (Já abordamos a aposta das produtoras em franquias garantidas e a ausênci...

Leia Mais

FaqsRecomenda – Shadow of Mordor

Eu tenho que confessar uma coisa: sempre fui fã de J.R.R. Tolkien, tendo lido os livros e assistido aos filmes, mas nunca tinha me interessado por jogos relacionados ao universo por ele criado. Bom, pelo menos até agora!

shadow-of-mordor

Situada no interlúdio entre O Hobbit e a trilogia O Senhor dos Anéis, a história de Shadow of Mordor acompanha a transformação de Talion em um espírito amaldiçoado preso ao espectro de um velho Elfo desmemoriado. Juntos eles buscam o servo de Sauron conhecido como Mão Negra, responsável pela maldição que os uniu. Talion deseja vingança pelo assassinato de sua esposa e filho, enquanto o velho Elfo tenta recuperar a memória de toda uma vida. A premissa do jogo é interessante, mas não chega a ser seu ponto forte. É na jogabilidade que o título se destaca. Aliando sistemas consagrados por outros games, Shadow of Mordor entrega diversão de primeira, mesmo sem inovar.

Leia Mais

FaqsRecomenda – Just Dance 2015

Hoje é domingo, dia de “Dança dos famosos”. Você tem duas opções: ouvir as baboseiras do Faustão ou correr para o seu revendedor favorito e botar a mão nessa belezinha aqui. 😀

Sim, companheiro, acabou de sair do forno a mais nova versão da franquia Just Dance da Ubisoft! Prepare para suar a camisa com os hits que irão bombar na sala da sua casa. Conheçam Just Dance 2015!!

Confesso que não sou um jogador assíduo em jogos de dança, mas posso confessar também que não havia jogado um game de dança tão divertido desde o Michael Jackson: The Experience.

Depois da primeira meia hora já já dá pra notar o quanto o jogo é encantador com seus lindos e coloridos cenários de fundo e com os avatares muito carismáticos.

A trilha sonora é bastante diversificada, tentando agrad...

Leia Mais

FaqsRecomenda – Valiant Hearts: The Great War

O amor… É esse o sentimento que unirá pessoas num único objetivo em meio à primeira Guerra Mundial. Conheça Valiant Hearts: The Great War.

Eu estava procurando uma palavra para descrever essa obra prima feita pela Ubisoft e fica difícil descrever em apenas uma. O game traz um enredo tão envolvente, com lindos gráficos 2D, num estilo de história em quadrinhos que parecem terem sidos desenhados à mão.

Com a primeira guerra como tema, Valiant Hearts tem início em 1914, no momento em que a Alemanha declara guerra à Rússia, França e Inglaterra e acaba mostrando a estória vivida por cinco personagens separados e unidos diversas vezes pelo conflito, levando cada um deles a enfrentar os horrores no fronte europeu...

Leia Mais

FaqsRecomenda – Trials Fusion

Desde os anos 70 jogos de videogame são feitos e no começo era apenas um stick e um botão. Não precisávamos mais do que isso para garantir horas e horas de diversão. Trials é assim. Um botão, um stick e talento é tudo que você precisa para horas e horas de diversão!

1

O gráfico desse jogo é deslumbrante. Textura macia, profundidade impecável, situações no fundo da tela dão a impressão de que influenciarão a sua jogatina, quando na verdade são apenas decorativas e isso complementa um jogo de desafio enorme.
O game consiste em sair do ponto A e chegar no B o mais rápido possível, usando o acelerador e o peso do piloto para aumentar ou diminuir a velocidade da moto...

Leia Mais

FaqsRecomenda – Dark Souls II

Para quem acredita em inferno a descrição mais possível do lugar seria agonia intensa, bestas imensas e infindáveis, fogo, dor, sofrimento e mortes de várias maneiras diferentes repetidas em série, né?! O FaqsRecomenda dessa semana então tem uma sugestão para você, amigo leitor: pegue sua edição de Dark Souls II e VÁ PARA O INFERNO!!!! 👿

DS2

Dark Souls II sem dúvida está entre os jogos mais instigantes já feitos. Vários reviews por aí colocam esse game dentre os mais difíceis e isso é verdade, mas mais do que difícil o game é extremamente desafiador. Ele se passa num limbo (purgatório ou o próprio inferno mesmo!) e você está na pele em decomposição de um morto-vivo (ou corpo sem alma, se preferir) e o jogo é a busca pelo fim de sua maldição.

Leia Mais